DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Médicas (FCM) >
FCM Áreas de Ensino e Investigação >
FCM: Saúde das Populações >
FCM: História da Medicina >
FCM: História da Medicina - Artigos em revista nacional com arbitragem científica >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/4859

Título: A LENDA DE APOLO E MÁRSIAS Representações Artísticas e Estudos de Anatomia de Superfície
Autor: Pina, Madalena Esperança
Pires, Maria Alexandre Bettencourt
Pira, José António Rebocho Esperança
Palavras-chave: Anatomia
Arte
Issue Date: 2005
Editora: Ordem dos Médicos
Resumo: No âmbito do Primeiro Curso Livre de História Universal e de História da Arte, organizado pelo Departamento de História da Medicina na Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa, foi interessante analisar e fotografar o conjunto de esculturas do século XVII expostas no terraço de acesso aos jardins do Palácio dos Marqueses de Fronteira, em Benfica, representando figuras da mitologia grega. O conjunto situado no topo do terraço representa a lenda de Apolo e Mársias, tal como apresentada nas Metáforas de Ovídeo, tendo-nos suscitado particular atenção a perfeição representativa da escultura do fauno esfolado, em termos de Anatomia de superfície. Por análise de estudos anatómicos prévios, como os de Leonardo da Vinci (cc.1510-1530) ou de Vesalius (cc.1543), detectam-se diversas semelhanças representativas entre alguns dos pormenores fotografados da escultura e os esboços desses primeiros grandes mestres da Anatomia. Aprofundámos o nosso trabalho analítico, procurando outras representações artísticas de esfolados e verificando que se trata de um exercício frequente na arte renascentista e neoclássica em geral, uma vez que os estudos de anatomia de superfície são fundamentais à perfeição representativa do corpo humano. Outros textos, para além das Metáforas de Ovídeo, têm servido de mote a estes trabalhos, como por exemplo as descrições do martírio de S.Bartolomeu que terão inspirado o auto-retrato com que Michelangelo Buonarroti assinou os frescos da Capela Sistina
Descrição: Acta Medica Portuguesa 2005; 18: 371-376
URI: http://hdl.handle.net/10362/4859
ISSN: 0870-399X
Appears in Collections:FCM: História da Medicina - Artigos em revista nacional com arbitragem científica

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Acta Médica.pdf294,41 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia