DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Sociologia >
FCSH: DS - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/4818

Título: A "beleza" das mulheres imigrantes empreendedoras
Autor: Rodrigues, Frederica Almeida Azevedo
Orientador: Marques, Maria Margarida
Palavras-chave: Empreendedorismo
Imigração
Mulheres e sector da Beleza
Issue Date: Jul-2010
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova DE lISBOA
Resumo: A ideia inicial da dissertação partiu da constatação da existência de um aparente sector vivaz de actividade empresarial constituído por mulheres imigrantes - a beleza - sem que acerca de tal via de incorporação económica existissem estudos, nem quanto ao perfil das empresárias, nem quanto às características e condições dessas actividades. Propomo-nos a explorar quais os factores que conjunturalmente conduzem as mulheres imigrantes empreendedoras para o sector da beleza. Argumentamos que a forte presença das mulheres imigrantes empreendedoras no ramo da beleza é produto da representação social e institucional dos papéis e relações de género que marcam tanto as oportunidades da oferta, como da procura no mercado. Por outro lado, ao inserirem-se numa configuração relacional densa, relativamente fechada e coesa, em termos de etnicidade e género, as mulheres imigrantes empreendedoras no sector da beleza podem beneficiar de um capital social fundamental para os seus negócios. É esta inserção que lhes faculta conhecimentos prévios sobre a situação do mercado específico do seu negócio, que atenua as dificuldades no abastecimento de matéria-prima e medeia o acesso a mão-de-obra. Sustentamos que o ramo da beleza funciona, mais do que os outros sectores de actividade, segundo lógicas de economia étnica, reflectidas na contratação de mulheres trabalhadores, na escolha de fornecedores e na atracção de clientelas do mesmo grupo étnico (mas não só), funcionando como um mercado protegido para as imigrantes. Por outro lado, o sector em si, não beneficia de uma economia de escala, não apresentando grandes obstáculos à entrada de novos concorrentes (pelas baixas barreiras financeiras, uma vez que não é pautado por capital intensivo, e técnicas, dado que se baseia em mão-de-obra intensiva pouco qualificada), sendo que a dimensão do negócio não é um factor determinante para o seu sucesso.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Migrações, Inter-Etnicidades e Transnacionalismo
URI: http://hdl.handle.net/10362/4818
Appears in Collections:FCSH: DS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Frederica Rodrigues.pdf734,23 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia