DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Sociologia >
FCSH: DS - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/4818

Título: A "beleza" das mulheres imigrantes empreendedoras
Autor: Rodrigues, Frederica Almeida Azevedo
Orientador: Marques, Maria Margarida
Palavras-chave: Empreendedorismo
Imigração
Mulheres e sector da Beleza
Issue Date: Jul-2010
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova DE lISBOA
Resumo: A ideia inicial da dissertação partiu da constatação da existência de um aparente sector vivaz de actividade empresarial constituído por mulheres imigrantes - a beleza - sem que acerca de tal via de incorporação económica existissem estudos, nem quanto ao perfil das empresárias, nem quanto às características e condições dessas actividades. Propomo-nos a explorar quais os factores que conjunturalmente conduzem as mulheres imigrantes empreendedoras para o sector da beleza. Argumentamos que a forte presença das mulheres imigrantes empreendedoras no ramo da beleza é produto da representação social e institucional dos papéis e relações de género que marcam tanto as oportunidades da oferta, como da procura no mercado. Por outro lado, ao inserirem-se numa configuração relacional densa, relativamente fechada e coesa, em termos de etnicidade e género, as mulheres imigrantes empreendedoras no sector da beleza podem beneficiar de um capital social fundamental para os seus negócios. É esta inserção que lhes faculta conhecimentos prévios sobre a situação do mercado específico do seu negócio, que atenua as dificuldades no abastecimento de matéria-prima e medeia o acesso a mão-de-obra. Sustentamos que o ramo da beleza funciona, mais do que os outros sectores de actividade, segundo lógicas de economia étnica, reflectidas na contratação de mulheres trabalhadores, na escolha de fornecedores e na atracção de clientelas do mesmo grupo étnico (mas não só), funcionando como um mercado protegido para as imigrantes. Por outro lado, o sector em si, não beneficia de uma economia de escala, não apresentando grandes obstáculos à entrada de novos concorrentes (pelas baixas barreiras financeiras, uma vez que não é pautado por capital intensivo, e técnicas, dado que se baseia em mão-de-obra intensiva pouco qualificada), sendo que a dimensão do negócio não é um factor determinante para o seu sucesso.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Migrações, Inter-Etnicidades e Transnacionalismo
URI: http://hdl.handle.net/10362/4818
Appears in Collections:FCSH: DS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Frederica Rodrigues.pdf734,23 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE