DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Estudos Políticos >
FCSH: DEP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/4155

Título: Desenvolvimento sustentável Vs Sobrevivência. Aspectos antagónicos ou complementares. O caso de Santa Catarina
Autor: Mascarenhas, Indira Semedo
Orientador: Leal, Catarina Mendes
Rodrigues, Teresa Ferreira
Palavras-chave: Desenvolvimento sustentável
Pobreza
Cabo Verde
Ambiente
Issue Date: 2010
Editora: Faculdade de Ciências Socias e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: Desenvolvimento e sustentabilidade, dois conceitos totalmente diferentes. O que os torna actuais e problemáticos. Daí o objecto deste estudo prender-se com a possibilidade de se complementarem num cenário de crise internacional e num país que só recentemente obteve o estatuto de Desenvolvimento Médio. Revelou-se importante analisar Cabo Verde, um país natural e ecologicamente frágil, através dos três pilares do Desenvolvimento Sustentável (Social, Económico e Ambiental), porque entendeu-se que uma análise deste tipo pode ajudar a evitar o uso insustentável dos poucos recursos naturais existentes, deixar para trás a pobreza relativa e incentivar à mudança de hábitos e práticas socioculturais inconsistentes com o meio ambiente. Esta dissertação põe em evidência a probabilidade de haver ou não convergência entre duas perspectivas (crescimento económico/preservação ambiental), defendendo a seguinte tese: o desenvolvimento sustentável e pobreza podem ser complementares através de investimento em recursos humanos, passando por uma alteração de comportamentos, formas e qualidade de vida. Nomeadamente: redução dos níveis de fecundidade, modernização das tecnologias, promoção da cooperação, consciencialização da população no desenvolvimento e controle dos recursos a serem utilizados na satisfação das suas próprias necessidades. O presente estudo está dividido em duas partes: na primeira, fez-se uma abordagem teórica e conceptual dos conceitos de Desenvolvimento Sustentável, Objectivos do Milénio e o respectivo enquadramento espacial e temporal do objecto de estudo. Também se analisou a situação de Cabo Verde em termos do cumprimento desses Objectivos. Na segunda parte, o estudo de caso examina o concelho de Santa Catarina através dos vários indicadores do desenvolvimento sustentável (economia, educação e ambiente). Para finalizar, fez-se a análise SWOT do concelho de Santa Catarina, que permitiu identificar as suas forças e fraquezas. Concluiu-se que neste contexto, a degradação ambiental é consequência directa da necessidade de sobrevivência da população, o que torna impossível o desenvolvimento sustentável a curto prazo, mas, as potencialidades fazem crer num futuro promissor, com base num investimento bem direccionado.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ciência Política e Relações Internacionais. Especialização Globalização e Ambiente
URI: http://hdl.handle.net/10362/4155
Appears in Collections:FCSH: DEP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese corrigido.pdf1,54 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE