DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Estudos Políticos >
FCSH: DEP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/4155

Título: Desenvolvimento sustentável Vs Sobrevivência. Aspectos antagónicos ou complementares. O caso de Santa Catarina
Autor: Mascarenhas, Indira Semedo
Orientador: Leal, Catarina Mendes
Rodrigues, Teresa Ferreira
Palavras-chave: Desenvolvimento sustentável
Pobreza
Cabo Verde
Ambiente
Issue Date: 2010
Editora: Faculdade de Ciências Socias e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: Desenvolvimento e sustentabilidade, dois conceitos totalmente diferentes. O que os torna actuais e problemáticos. Daí o objecto deste estudo prender-se com a possibilidade de se complementarem num cenário de crise internacional e num país que só recentemente obteve o estatuto de Desenvolvimento Médio. Revelou-se importante analisar Cabo Verde, um país natural e ecologicamente frágil, através dos três pilares do Desenvolvimento Sustentável (Social, Económico e Ambiental), porque entendeu-se que uma análise deste tipo pode ajudar a evitar o uso insustentável dos poucos recursos naturais existentes, deixar para trás a pobreza relativa e incentivar à mudança de hábitos e práticas socioculturais inconsistentes com o meio ambiente. Esta dissertação põe em evidência a probabilidade de haver ou não convergência entre duas perspectivas (crescimento económico/preservação ambiental), defendendo a seguinte tese: o desenvolvimento sustentável e pobreza podem ser complementares através de investimento em recursos humanos, passando por uma alteração de comportamentos, formas e qualidade de vida. Nomeadamente: redução dos níveis de fecundidade, modernização das tecnologias, promoção da cooperação, consciencialização da população no desenvolvimento e controle dos recursos a serem utilizados na satisfação das suas próprias necessidades. O presente estudo está dividido em duas partes: na primeira, fez-se uma abordagem teórica e conceptual dos conceitos de Desenvolvimento Sustentável, Objectivos do Milénio e o respectivo enquadramento espacial e temporal do objecto de estudo. Também se analisou a situação de Cabo Verde em termos do cumprimento desses Objectivos. Na segunda parte, o estudo de caso examina o concelho de Santa Catarina através dos vários indicadores do desenvolvimento sustentável (economia, educação e ambiente). Para finalizar, fez-se a análise SWOT do concelho de Santa Catarina, que permitiu identificar as suas forças e fraquezas. Concluiu-se que neste contexto, a degradação ambiental é consequência directa da necessidade de sobrevivência da população, o que torna impossível o desenvolvimento sustentável a curto prazo, mas, as potencialidades fazem crer num futuro promissor, com base num investimento bem direccionado.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ciência Política e Relações Internacionais. Especialização Globalização e Ambiente
URI: http://hdl.handle.net/10362/4155
Appears in Collections:FCSH: DEP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese corrigido.pdf1,54 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia