DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT R&D Units >
FCT: Unidade de Investigação Educação e Desenvolvimento >
FCT: UIED - Dissertações de Mestrado internacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/387

Title: A precaridade do financiamento e os desafios: o caso de duas escolas famílias agrícolas em uma região de acentuada pobreza no Brasil
Authors: Alves, Mário Sebastião Cordeiro
Advisor: Bachelart, Dominique
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Nova de Lisboa: Faculdade de Ciências e Tecnologia & Université François Rabelais de Tours: Département des Sciences de l'Éducation et de la Formation
Abstract: A presente pesquisa foi elaborada em função da relevância do tema para o movimento das escolas Família Agrícola do Brasil. Essa modalidade de escola, implantada no Brasil na década de 1960, é uma das únicas experiências educativas do país em que, no seu projeto pedagógico, São reconhecidos e valorizados outros espaços formativos: a família, a comunidade, enfim, o saber acumulado nos diferentes contextos sociais em que as experiências educativas são criadas. A problemática do financiamento é, hoje, um dos grandes desafios para essas escolas e ao movimento, por um lado tem ampliado o número de experiências educativas e por outro, experiências não têm conseguido sua sustentabilidade financeira. Partimos do propósito que há uma relação estreita entre esses termos: financiamento e profissionalização docente. Considerando que a profissionalização, nos moldes analisadas nesse trabalho, está dependente da sustentabilidade financeira das diferentes atividades educativas, e que a profissionalização é o meio para garantir o reconhecimento social e político das experiências educativas brasileiras que adotam a pedagogia da alternância, com isso legalmente garantir a sustentabilidade financeira. Como referencial teórico recorro a autores que abordaram o tema profissionalização docente; como: Paulo Freire, Philippe Perrenoud e Francisco Imbernón entre outros. Além do marco legal da Legislação Nacional referente ao tema. Como referencial empírico, são pesquisadas duas escolas em uma região de acentuada pobreza no Brasil: o Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais. Com isso se pretende identificar diferentes elementos da correlação: financiamento e profissionalização docente. Buscando elucidar a seguinte hipótese: A precariedade do financiamento é fator limitante para a profissionalização docente.
Description: Dissertação de mestrado em Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10362/387
Appears in Collections:FCT: UIED - Dissertações de Mestrado internacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
alves_2003.pdf997.04 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE