DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/3608

Título: Avaliação do funcionamento da ETAL do aterro sanitário de vila Ruiva e proposta de reabilitação
Autor: Monteiro, Carlos Manuel Figueira Carvoeiras Baiôa
Orientador: Santos, Maria
Issue Date: 2007
Editora: FCT - UNL
Resumo: A gestão dos lixiviados resultantes da deposição de resíduos em aterros sanitários, assume-se como um aspecto relevante ao nível da exploração destas infra-estruturas pelas entidades gestoras. A presente dissertação tem por objectivos avaliar a eficiência global da ETAL de Vila Ruiva, determinar a eficiência actual de cada um dos órgãos do sistema de tratamento e estudar soluções alternativas/complementares de tratamento que permitam proceder à descarga em meio hídrico do lixiviado produzido pelo ASIVR. O conjunto dos dados históricos e da campanha de monitorização, Abril a Junho de 2009, permitiram identificar os parâmetros cujos valores não estão conformes com a licença de descarga do lixiviado tratado em meio aquático: CQO, CBO5, SST, N e P, bem como avaliar o baixo desempenho do sistema de tratamento ao nível das lagoas anaeróbias e de macrófitas, nomeadamente no que se refere a CBO5 e N e P. Estes dados permitiram ainda classificar o lixiviado como estabilizado (pH maior que 7,5,baixos valores de CQO <1000 mg/l, CBO5 <500 mg/l, e CBO5/CQO menor do que 0,1, baixa concentração de metais). O estudo do caudal total de lixiviados e do consumo de água potável, permitiu estabelecer uma relação entre os dois caudais que afluem à regularização: 70% lixiviado e 30% águas residuais. Redimensionou-se ainda os caudais para a reabilitação da ETAL de Vila Ruiva. Com os resultados da caracterização, da eficiência de cada órgão, dos estudos de tratabilidade aplicados a estes lixiviados, e com os dados bibliográficos existentes, bem como da legislação vigente, foram propostas 5 alternativas, para a reabilitação da ETAL: 1 - Optimização das lagoas existentes; 2 - Sequência de tratamentos físico-químicos + lagoas; 3 - Combinação dos lixiviado com águas residuais; 4 - Recirculação do lixiviado para o aterro sanitário + tratamentos físico-químicos; 5 - Sistema actual optimizado de lagoas + CAG.
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Sanitária
URI: http://hdl.handle.net/10362/3608
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Monteiro_2009.pdf1,09 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia