DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/3608

Title: Avaliação do funcionamento da ETAL do aterro sanitário de vila Ruiva e proposta de reabilitação
Authors: Monteiro, Carlos Manuel Figueira Carvoeiras Baiôa
Advisor: Santos, Maria
Issue Date: 2007
Publisher: FCT - UNL
Abstract: A gestão dos lixiviados resultantes da deposição de resíduos em aterros sanitários, assume-se como um aspecto relevante ao nível da exploração destas infra-estruturas pelas entidades gestoras. A presente dissertação tem por objectivos avaliar a eficiência global da ETAL de Vila Ruiva, determinar a eficiência actual de cada um dos órgãos do sistema de tratamento e estudar soluções alternativas/complementares de tratamento que permitam proceder à descarga em meio hídrico do lixiviado produzido pelo ASIVR. O conjunto dos dados históricos e da campanha de monitorização, Abril a Junho de 2009, permitiram identificar os parâmetros cujos valores não estão conformes com a licença de descarga do lixiviado tratado em meio aquático: CQO, CBO5, SST, N e P, bem como avaliar o baixo desempenho do sistema de tratamento ao nível das lagoas anaeróbias e de macrófitas, nomeadamente no que se refere a CBO5 e N e P. Estes dados permitiram ainda classificar o lixiviado como estabilizado (pH maior que 7,5,baixos valores de CQO <1000 mg/l, CBO5 <500 mg/l, e CBO5/CQO menor do que 0,1, baixa concentração de metais). O estudo do caudal total de lixiviados e do consumo de água potável, permitiu estabelecer uma relação entre os dois caudais que afluem à regularização: 70% lixiviado e 30% águas residuais. Redimensionou-se ainda os caudais para a reabilitação da ETAL de Vila Ruiva. Com os resultados da caracterização, da eficiência de cada órgão, dos estudos de tratabilidade aplicados a estes lixiviados, e com os dados bibliográficos existentes, bem como da legislação vigente, foram propostas 5 alternativas, para a reabilitação da ETAL: 1 - Optimização das lagoas existentes; 2 - Sequência de tratamentos físico-químicos + lagoas; 3 - Combinação dos lixiviado com águas residuais; 4 - Recirculação do lixiviado para o aterro sanitário + tratamentos físico-químicos; 5 - Sistema actual optimizado de lagoas + CAG.
Description: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Sanitária
URI: http://hdl.handle.net/10362/3608
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Monteiro_2009.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE