DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Física >
FCT: DF - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/3384

Título: Modelo de planeamento – GDH de ambulatório
Autor: Costa, Filipa Barbosa da
Orientador: Janela, Filipe
Sequeira, Jorge
Miranda, Tiago
Palavras-chave: GDH
Saúde
ACSS
Internamento
Ambulatório
Modelo de planeamento
Issue Date: 1-Jan-2009
Editora: FCT - UNL
Resumo: A Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), é uma entidade do Sistema Nacional de Saúde que tem como principal missão a gestão dos recursos humanos e financeiros bem como promover a qualidade organizacional das entidades prestadoras de saúde. O Modelo de Planeamento criado pela Siemens SA surge como o sistema de informação que vem colmatar a falta de informação necessária para a ACSS fazer um ajuste adequado dos recursos à procura por parte da população. No entanto, o mercado onde o Modelo se insere caracteriza-se por estar em constante alteração/actualização exigindo ao Modelo a necessidade de se adaptar para continuar a responder adequadamente. No seguimento desta necessidade surge este trabalho com o principal objectivo de adequar o Modelo à recente criação do conceito de Grupo de Diagnóstico Homogéneo (GDH) para Ambulatório. O conceito de GDH surgiu no mercado da saúde como um sistema de classificação de episódios agudos, associados a Internamento, sendo ainda utilizado para definir operacionalmente a produção de um Hospital. A adaptação deste conceito ao Ambulatório surge na consequência da evolução tecnológica permitir, no presente,tratar doentes num período inferior a 24 horas. Pela análise do impacto do conceito no Modelo, realizado no projecto, foi possível confirmar que o problema está no facto de ser a base de dados dos GDHs que alimenta o Internamento no Modelo, levando a que GDHs de Ambulatório fossem introduzidos erradamente nesta linha de produção. Para corrigir esta situação foi crucial estabelecer regras que impedissem a entrada desses episódios em Internamento. Desta forma, a partir da ferramenta Oracle Warehouse Builder, responsável pela manipulação da informação no Modelo, aplicaram-se as regras necessárias para transferir estes dados, considerando o tempo de internamento e o próprio GDH. Para além da actualização do Modelo ao conceito de GDH Ambulatório foi possível trabalhar a outros níveis promovendo um sistema de informação de qualidade, actual e de alta contribuição para quem é responsável pela distribuição e afectação de recursos no sistema de saúde.
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Biomédica
URI: http://hdl.handle.net/10362/3384
Appears in Collections:FCT: DF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Costa_2009.pdf4,06 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia