DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/3348

Título: Modelo de gestão de afluência a digestor anaeróbio
Autor: Ferreira, Ana Margarida Natividade
Orientador: Amaral, Leonor
Issue Date: 2009
Editora: FCT - UNL
Resumo: O presente trabalho teve como principal objectivo a construção de um modelo, que permitisse a gestão mais adequada e eficiente de diferentes efluentes, para primeira aplicação numa estação de tratamento de efluentes suinícolas (ETES) em São Martinho do Porto. Apesar da estação ter como principal finalidade o tratamento de efluentes suinícolas, foi também considerada a possibilidade de fazer co-digestão com outros efluentes. Desta forma, e de acordo com os sectores de actividade da região Oeste, foram seleccionados quatro efluentes, que poderão vir a ser co-digeridos com o efluente suinícola, os efluentes provenientes de explorações bovinas, matadouros, processamento de peixe e de maçã. Assim sendo, revelou-se de extrema importância o conhecimento sobre a digestão anaeróbia destes efluentes, como de forma de poder prever o funcionamento do digestor, bem como o decorrer do processo de acordo com as características do efluentes a digerir. Após a caracterização de todos os efluentes a poder vir a ser digeridos concluída, a construção do modelo teve como principais objectivos a resposta a alguns factores importantes, tais como, em primeiro lugar garantir que a mistura que será efectuada não excede as capacidades do digestor, seguidamente que essa mistura resulte na maior produção de metano possível e na menor produção de lamas. Associado a estes objectivos estão ainda outras questões, tal como a avaliação da disponibilidade dos efluentes secundários na fonte, ou seja nos produtores, o que permite uma maior articulação entre os meios envolventes no processo de tratamento destes efluentes. Assim, torna-se mais simples a fixação de tarifas de recepção dos efluentes consoante as suas características se revelem como, mais favoráveis ou não. É também possível fazer a avaliação custo/benefício do processo de tratamento através da produção de metano, benefício, que se traduzirá em energia eléctrica e calorífica, e da produção de lamas, custo, que se traduzirá em termos de desidratação e de deposição em aterro. Após a construção do modelo foi efectuada uma análise de sensibilidade de forma a conhecer a significância dos parâmetros de entrada, caudais, e de que forma se reflecte a sua variação nos parâmetros de saída, metano e lamas.
Descrição: Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, Perfil Engenharia Sanitária, Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/3348
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Ferreira_2009.pdf1,98 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia