DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/3348

Title: Modelo de gestão de afluência a digestor anaeróbio
Authors: Ferreira, Ana Margarida Natividade
Advisor: Amaral, Leonor
Issue Date: 2009
Publisher: FCT - UNL
Abstract: O presente trabalho teve como principal objectivo a construção de um modelo, que permitisse a gestão mais adequada e eficiente de diferentes efluentes, para primeira aplicação numa estação de tratamento de efluentes suinícolas (ETES) em São Martinho do Porto. Apesar da estação ter como principal finalidade o tratamento de efluentes suinícolas, foi também considerada a possibilidade de fazer co-digestão com outros efluentes. Desta forma, e de acordo com os sectores de actividade da região Oeste, foram seleccionados quatro efluentes, que poderão vir a ser co-digeridos com o efluente suinícola, os efluentes provenientes de explorações bovinas, matadouros, processamento de peixe e de maçã. Assim sendo, revelou-se de extrema importância o conhecimento sobre a digestão anaeróbia destes efluentes, como de forma de poder prever o funcionamento do digestor, bem como o decorrer do processo de acordo com as características do efluentes a digerir. Após a caracterização de todos os efluentes a poder vir a ser digeridos concluída, a construção do modelo teve como principais objectivos a resposta a alguns factores importantes, tais como, em primeiro lugar garantir que a mistura que será efectuada não excede as capacidades do digestor, seguidamente que essa mistura resulte na maior produção de metano possível e na menor produção de lamas. Associado a estes objectivos estão ainda outras questões, tal como a avaliação da disponibilidade dos efluentes secundários na fonte, ou seja nos produtores, o que permite uma maior articulação entre os meios envolventes no processo de tratamento destes efluentes. Assim, torna-se mais simples a fixação de tarifas de recepção dos efluentes consoante as suas características se revelem como, mais favoráveis ou não. É também possível fazer a avaliação custo/benefício do processo de tratamento através da produção de metano, benefício, que se traduzirá em energia eléctrica e calorífica, e da produção de lamas, custo, que se traduzirá em termos de desidratação e de deposição em aterro. Após a construção do modelo foi efectuada uma análise de sensibilidade de forma a conhecer a significância dos parâmetros de entrada, caudais, e de que forma se reflecte a sua variação nos parâmetros de saída, metano e lamas.
Description: Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, Perfil Engenharia Sanitária, Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/3348
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Ferreira_2009.pdf1.98 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE