DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências da Vida >
FCT: DCV - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/3320

Título: Identificação e caracterização da actividade de sialiltransferase na superfície celular de células dendríticas
Autor: Piteira, Ana Rita
Orientador: Videira, Paula
Cabral, Guadalupe
Laires, António
Issue Date: 2009
Editora: FCT - UNL
Resumo: As células dendríticas humanas derivadas de monócitos (mo-DCs) expressam estruturas altamente sialiladas à sua superfície. Apesar do papel desempenhado pelo ácido siálico (NeuAc) na biologia das mo-DCs não ser totalmente conhecido, existem evidências recentes de que poderá influenciar a regulação de processos como a maturação, imunogenicidade, adesão, e endocitose. No presente trabalho procurou-se determinar a existência de sialiltransferases (ST) na superfície das mo-DCs,Ectosialiltransferases (EctoST), responsáveis pela rápida reposição do conteúdo de NeuAc, e analisar a sua eventual capacidade de modular a biologia das mo-DCs. Observou-se que na presença do substrato de ST, CMP-NeuAc exógeno, ocorre incorporação de NeuAc na superfície das mo-DCs, sendo esta incorporação aumentada em células previamente tratadas com sialidase, e DCs maduras. A existência de ST na superfície celular das mo-DCs foi ainda reforçada pela observação da inibição da sua actividade na presença de um inibidor de ST, o CTP, e pela actividade inalterada na presença de possíveis enzimas secretadas. A nível funcional a actividade de EctoST diminui a capacidade de endocitose de ovalbumina das mo-DCs e promove a capacidade de adesão das mo-DCs a outras células. As Ectosialiltransferases parecem participar num controlo dinâmico da sialilação, que poderá estar relacionado com um processo fisiológico, como o processo inflamatório ou de infecção, a sua actividade pode contribuir assim para a regulação da homeostasia e protecção celular. O facto de estas enzimas alterarem rapidamente as características na superfície celular e poderem modular a imunobiologia das mo-DCs, deixa em aberto a sua utilização como futuro alvo terapêutico.
Descrição: Dissertação apresentada para a obtenção do Grau de Mestre em Genética Molecular e Biomedicina, pela Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/3320
Appears in Collections:FCT: DCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Piteira_2009.pdf3,65 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE