DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/2739

Título: Análise de pavimentos de parques infantis feitos com granulados de pneus usados: avaliação do potencial risco para a saúde das crianças
Autor: Brito, Maria da Conceição Furtado
Orientador: Martinho, Maria
Palavras-chave: Pneus usados
Metais pesados
Lixiviação
Issue Date: 2009
Editora: FCT - UNL
Resumo: No decorrer da gestão de pneus usados, o fim que se pode dar aos mesmos passam pela reutilização, a recauchutagem, a reciclagem e a valorização energética, sendo actualmente proibida a sua deposição em aterro, excepto se forem utilizados como material de protecção das telas. Tendo sido levantada recentemente na comunidade científica a questão do potencial risco dos pneus reciclados poderem libertar alguns metais pesados, especialmente Cd, considerou-se importante avaliar se os pavimentos destinados a parques infantis que incorporam granulados de pneus reciclados, originam ou não a libertação de metais pesados quando sujeitos à acção de determinados factores ambientais, em concentrações que possam colocar em risco o ambiente ou a saúde das crianças e jovens. Para o efeito realizaram-se ensaios de lixiviação a amostras de granulados de pneus usados com diferentes granulometrias, produzidos por processos diferentes em duas empresas nacionais, e a amostras de pavimentos das cores mais utilizadas em parques infantis. Realizaram-se ainda, para as amostras de pavimentos de parques infantis, ensaios de fotoradiação seguidos de novos ensaios de lixiviação. Com estes ensaios procurou-se avaliar o risco de libertação de determinados metais pesados quando sujeitos à acção da chuva e da radiação solar. A análise realizada aos metais pesados presentes nos eluatos dos primeiros ensaios de lixiviação revelou que as concentrações de Cd, Cr, Pb e Sn, em todas as amostras analisadas, são praticamente insignificantes ou nulas, pelo que, relativamente a estes metais, não existe qualquer risco para a saúde das crianças que brincam em parques infantis que utilizam este tipo de pavimentos. Já em relação ao Zn e ao Cu, foram detectadas pequenas concentrações em praticamente todas as amostras sujeitas ao primeiro ensaio de lixiviação, verificando-se um aumento considerável destas concentrações nos eluatos do segundo ensaio de lixiviação realizado às amostras de pavimentos sujeitas a fotoradiação. Embora os valores obtidos se encontram muito abaixo dos valores reportados noutros estudos, o facto do ensaio de fotoradiação ter correspondido apenas ao efeito da radiação solar equivalente a cerca de 2 meses deixa em aberto a questão de um potencial risco de contaminação para o ambiente e para a saúde das crianças que acidental ou voluntariamente ingiram água contaminada com as escorrências destes pavimentos,recomendando-se que se realizem estudos mais aprofundados e sobre este assunto.
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, Perfil Engenharia Sanitária
URI: http://hdl.handle.net/10362/2739
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Brito_2009.pdf5,84 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE