DSpace UNL

RUN >
Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação (ISEGI) >
ISEGI - Dissertações de Mestrado em Estatística e Gestão da Informação >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/2641

Title: O desafio do desenvolvimento rural num contexto de mudança demográfica: Lezíria do Tejo 2001-2021
Authors: Botequim, Brigite Roxo
Advisor: Rodrigues, Teresa
Keywords: Lezíria do Tejo
Projecção demográfica
Migrações
Desenvolvimento rural
Envelhecimento
Demographic projection
Migrations
Rural development
Aging
Issue Date: 30-Sep-2008
Series/Report no.: Mestrado em Estatística e Gestão de Informação;TEGI0219
Abstract: Para se efectuar a Projecção Demográfica, como se propôs realizar nesta investigação, foi questão essencial avaliar, numa primeira fase, os recentes desenvolvimentos demográficos na Lezíria do Tejo, Sub- região estatística NUT III, pondo em prática os principais métodos e técnicas que se encontram ao dispor da demografia, para análise dos aspectos globais de partida: os ritmos de crescimento, as estruturas demográficas e as Taxas Brutas. Numa segunda fase, prospectivar a evolução da população para a região, tendo em linha de conta que se parte de um cenário de base natural, com recurso a dados oficiais do XIVº Recenseamento Geral da População de 2001, fixando uma hipótese para as componentes mortalidade e fecundidade, de modo a avaliar o impacto de cenários de atracção e repulsão, reforçando o papel determinante do fenómeno migrações na estrutura da população. O Cenário de atracção explicará com mais certezas metodológicas a provável evolução da dinâmica desta população no horizonte temporal 2001 a 2021, aspecto relevante para as actuações concertadas ao nível do desenvolvimento sustentável da região. A situação de “duplo envelhecimento” parece ser determinante nesta alteração de tendências e os baixos níveis de fecundidade dificilmente modificáveis num horizonte próximo. Para se atingir, os objectivos propostos, foi, fundamental, contextualizar ao longo do século XX, as tendências do desenvolvimento rural aliado ao problema do envelhecimento, com o intuito de melhor se compreender a tendência futura e o grande contraste entre gerações actuais de idosos e as gerações vindouras numa região onde o sector primário ainda tem peso no contexto nacional. Com uma caracterização, segundo o método das componentes por coortes da estrutura da população em 2021, abre-se um campo de actuação em áreas que carecerão de maior intervenção e disponibiliza-se uma ferramenta para apoiar decisões futuras quanto à gestão sustentável dos espaços agro-florestais da região, assumindo um papel estruturante para a competitividade e qualidade de vida do mundo rural português.
Description: Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Estatística e Gestão de Informação
URI: http://hdl.handle.net/10362/2641
Appears in Collections:ISEGI - Dissertações de Mestrado em Estatística e Gestão da Informação

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TEGI0219.pdf6.43 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE