DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Informática >
FCT: DI - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/2509

Title: Verificação de protocolos de e-voting
Authors: Reis, Maria de Fátima Rodrigues
Advisor: Ferreira, Carla
Keywords: Verificação por modelos
Votação electrónica
Sistemas distribuídos
Segurança
Democracia
Privacidade
Issue Date: 2009
Publisher: FCT - UNL
Abstract: Os sistemas de votação electrónica, designados também por e-voting, são sistemas informáticos que permitem aos eleitores não só registarem-se para poder exercer o seu direito de voto, como também expressarem-no de forma electrónica e com o consequente apuramento por parte das autoridades competentes do resultado das eleições. Dada a sua relevância a todos os níveis da sociedade é crucial que todos os elementos envolvidos num sistema de votação electrónica tenham confiança no sistema utilizado. No final devem ter a certeza que o sistema proporcionou um bom escrutínio e que reflecte exactamente o que era esperado dele. Para tal, é necessário que se adoptem as medidas que permitem assegurar a segurança a diversos níveis, nomeadamente: privacidade, democracia, possibilidade de verificação e precisão, entre outras. Através da verificação formal de protocolos e utilizando ferramentas de verificação de modelos, pode-se caminhar para atingir a confiança necessária neste tipo de sistemas. Estas ferramentas permitem a modelação e validação de propriedades de um protocolo, avaliando a sua correcção e identificando problemas na sua especificação. Pretende-se contribuir para que o sistema de votação electrónica passe a ser uma realidade e assim facilitando o papel de todos os intervenientes nos processos eleitorais. Os sistemas de votação electrónica, poderão ajudar no combate à abstenção, proporcionar melhor acesso a deficientes motores e melhorar privacidade para invisuais. Neste trabalho foi analisado o protocolo REVS (Robust Electronic Voting System) vocacionado para operar em sistemas distribuídos como a Internet. Utilizaram-se duas ferramentas de verificação de modelos na verificação de propriedades relevantes. Como resultado, identificaram-se problemas já conhecidos nos protocolos de votação electrónica e levantaram-se outros tipos de questões em relação à sua implementação que podem ser alvo de futuros estudos
Description: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Informática
URI: http://hdl.handle.net/10362/2509
Appears in Collections:FCT: DI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Reis_2009.pdf2 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE