DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/2456

Título: Sustentabilidade ambiental no sector bancário
Autor: Ramos, Carlos de Llera
Orientador: Antunes, Paula
Palavras-chave: Sustentabilidade ambiental
Entidade bancária
Relatório de sustentabilidade
Princípios do Equador
Issue Date: 2009
Editora: FCT - UNL
Resumo: As preocupações ambientais aumentaram de forma exponencial nas últimas décadas. O papel das organizações no âmbito do desenvolvimento sustentável surge a partir do conceito de Responsabilidade Social das Empresas. As instituições financeiras, e o sector bancário em particular, são entidades singulares na promoção do desenvolvimento sustentável devido à influência que exercem sobre a sociedade como intermediários de capital. A presente dissertação visa analisar a integração da sustentabilidade ambiental no core business das entidades bancárias avaliando, entre outras questões, quais as indicações que estão a ser seguidas pelas principais entidades financeiras em matéria de sustentabilidade, que actividades são realizadas no que diz respeito à adopção, integração e comunicação de práticas que contribuem para a sustentabilidade, que riscos e oportunidades enfrenta o sector bancário no caminho do desenvolvimento sustentável, conhecer as tendências expectáveis para o sector neste domínio, e quais os pontos fortes e fracos da sustentabilidade ambiental no sector da banca. A metodologia geral adoptada consistiu na realização dum exercício de benchmarking das práticas de sustentabilidade a um conjunto de 15 instituições bancárias, nacionais e internacionais, avaliando os seus produtos, serviços e processos de trabalho com a finalidade de comparar desempenhos e identificar oportunidades de melhoria nas organizações. Na análise efectuada concluiu-se que o sector bancário internacional encontra-se, de forma geral, mais evoluído que o sector bancário português em matéria de sustentabilidade ambiental. No que diz respeito às entidades, destaca-se o Triodos Bank holandês, evidenciando-se em muitas questões de sustentabilidade e no desempenho ambiental.
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente,perfil Gestão e Sistemas Ambientais
URI: http://hdl.handle.net/10362/2456
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Ramos_2009.pdf2,22 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia