DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Conservação e Restauro >
FCT: DCR - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/2162

Título: A cor dos tapetes : análise de materiais de tapetes persas dos séculos XVI e XVII
Autor: Heitor, Maria Vidal Valsassina
Orientador: Melo, Maria João
Sousa, Micaela
Oliveira, Maria da Conceição
Issue Date: 2007
Editora: FCT - UNL
Resumo: No âmbito da exposição “O Tapete Oriental em Portugal”, foram analisados os materiais de um conjunto de 9 tapetes indo-persas dos séculos XVI e XVII dos Museus Nacionais de Arte Antiga (MNAA) e Machado de Castro (MNMC). A identificação de fibras foi feita com recurso a microscopia óptica, tendo-se identificado lã no pêlo de todos os tapetes à excepção do tapete ‘Kashan’ do MNMC que faz parte de um grupo de 16 tapetes todos executados em seda (grupo dos small silk Kashan). A análise dos corantes foi executada por Cromatografia Líquida de Alta Resolução com detecção por Vector de Diodos (HPLC-DAD) e, quando necessário, por Cromatografia Líquida de Alta Resolução com detecção por Espectrometria de Massa (HPLC-MS). Por HPLC-DAD foi testado o mais eficaz método suave de extracção do complexo corante-fibra, concluindo-se que é o que utiliza o ácido oxálico como agente quelante. Foi identificado o uso de goma-laca nas amostras vermelhas dos tapetes indo-persas e de cochinilha no tapete ‘Kashan’. Nas amostras azuis foi identificado índigo, não sendo suficiente para chegar à origem tintureira, mas confirmando a origem histórica dos tapetes. O amarelo dos tapetes indo-persas é à base de luteolina, o cromóforo amarelo mais estável, enquanto no tapete ‘Kashan’ foi identificado um padrão semelhante ao de vara-dourada (Solidago virgaurea). Nos tapetes indo-persas foi ainda identificada a presença de alizarina e do mesmo padrão de amarelo nas amostras de cor laranja. Foram ainda feitas algumas colaborações no catálogo e na montagem da exposição, nomeadamente análises técnicas de certas peças e fixação de fragmentos a tecidos de suporte que serão exibidos na exposição.
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Conservação e Restauro
URI: http://hdl.handle.net/10362/2162
Appears in Collections:FCT: DCR - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Heitor_2007.pdf1,89 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE