DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Química >
FCT: DQ - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/2043

Title: Rearranjos 3-aza-Cope: efeito dramático dos substituintes na velocidade da reacção
Authors: Pinto, Luís Filipe Verga Vieira
Advisor: Lobo, Ana
Prabhakar, Alberto
Issue Date: 2008
Publisher: FCT - UNL
Abstract: Os resultados obtidos nesta dissertação confirmaram experimentalmente o efeito dramático dos substituintes na temperatura a que os vários sistemas [3,3]-sigmatrópicos do tipo 3-aza-Cope ocorrem. Assim, a presença de um átomo de oxigénio directamente ligado ao átomo de azoto revelou-se fundamental no abaixamento da temperatura do rearranjo. A presença de grupos estereoquimicamente volumosos permitiu que, na obtenção do sistema de rearranjo O-alquil-N-propargil-N-(2-tosilvinil)-hidroxilamina, o isómero cis se formasse como produto de controlo cinético e o isómero trans como produto de controlo termodinâmico. Verificou-se então que o produto enamínico cis sofre rearranjo à temperatura ambiente dando origem a produtos alénicos, enquanto que a mesma reacção para o seu isómero trans necessita de aquecimento à temperatura de 70 oC. A substituição, no mesmo sistema derivado de hidroxilaminas, do grupo propargilo por um grupo alilo teve como consequência o aumento da temperatura do rearranjo para valores de 180 oC. Um efeito ainda mais notório na elevação da temperatura de rearranjo ocorreu quando se substituiu o átomo de oxigénio por azoto, que se traduziu na elevação da temperatura do rearranjo para valores de 259 oC. Quando os hetero-átomos ligados ao átomo de azoto do sistema foram finalmente substituídos por átomos de carbono, o rearranjo tornou-se muito lento, mesmo à temperatura de 259 oC. No decorrer deste trabalho foi possível obter sistemas susceptíveis de rearranjo [3,3]-sigmatrópico de derivado de hidrazina acíclica e de anilina, obtendo-se, após aquecimento a 180 oC, como produtos uma di-hidro-hidrazina e di-hidropiridinas respectivamente. Estudos com derivados de hidrazinas cíclicas (pirazolonas) permitiram a obtenção de seis diferentes isómeros de posição e de grupo funcional. Por isomerização promovida por base e por rearranjos promovidos termicamente foi possível obter todos os isómeros partindo da propargilação de pirazolonas de partida utilizando o método de Mitsunobu. Por aquecimento de O-dimetiltiocarbamato de N-hidroxi-imidazole a várias temperaturas (de 110 oC a 180 oC) em diversos solventes obteve-se, por rearranjo [3,3]- sigmatrópico, o derivado correspondente na posição 4 do anel imidazole. Este procedimento pode ser utilizado para obter o anel de imidazole substituído na posição 4 com enxofre.
Description: Dissertação apresentada para a obtenção do Grau de Doutor em Química Especialidade de Química Orgânica pela Universidade Nova de Lisboa,Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/2043
Appears in Collections:FCT: DQ - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Pinto_2008.pdf2.64 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE