DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Química >
FCT: DQ - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/2042

Title: Aplicação de compósitos de TiO2 em carvão activado na fotodegradação do fenol com luz ultravioleta
Authors: Fernandes, Isabel Margarida Duarte
Advisor: Lima, João
Fonseca, Isabel
Keywords: Degradação do fenol
Fotocatálise heterogénea
TiO2
Carvão activado
Radiação ultravioleta
Tratamento de águas residuais
Issue Date: 2009
Publisher: FCT - UNL
Abstract: O presente trabalho tem como objectivo principal o estudo da viabilidade da aplicação de compósitos de dióxido de titânio (TiO2) impregnados em carvão activado (CA) na fotodegradação do fenol, no âmbito do tratamento de águas residuais. A base deste estudo é o uso de processos oxidativos avançados (POA), como a fotocatálise heterogénea, que permite combinar a actividade fotocatalítica do semicondutor TiO2 com a capacidade de adsorção do carvão activado. A fotodegradação do fenol foi realizada com oito amostras diferentes de carvão activado com e sem impregnação de TiO2. A radiação Ultravioleta foi feita com uma lâmpada de Xénon monocromada ao comprimento de onda de 270 nm. A fotodegradação não catalisada do fenol foi também realizada e utilizada como referência para aferir o aumento da fotodegradação nas amostras com degradação fotocatalítica. A influência da massa de carvão activado na fotodegradação foi também analisada. A quantidade de fenol degradado foi determinada por análise espectral, por vezes com recurso à decomposição espectral, tendo em conta a formação de alguns dos intermediários conhecidos da fotodegradação do fenol, como a hidroquinona, a quinona e o catecol. Verificou-se que nos tempos iniciais de irradiação, a quantidade de fenol fotodegradado, tanto na presença de carvão activado, como na presença de carvão activado com a impregnação de TiO2 (CA/TiO2), é superior à quantidade de fenol fotodegradado na ausência de fotocatalisador. No entanto, para tempos mais longos de irradiação, a fotodegradação com CA/TiO2 é menos eficiente que a fotodegradação sem catalisador. A diminuição da actividade fotocatalítica, o acesso dificultado do fenol ao fotocatalisador impregnado em carvão activado e/ou a competição do carvão activado pela luz podem estar na origem dos resultados obtidos.
Description: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Química e Bioquímica
URI: http://hdl.handle.net/10362/2042
Appears in Collections:FCT: DQ - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Fernandes_2009.pdf2 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE