DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Física >
FCT: DF - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/1906

Title: Presença e influência dos contraiões em filmes automontados
Authors: Lourenço, João Manuel Cachado
Advisor: Raposo, Maria de Fátima
Ribeiro, Paulo
Issue Date: 2008
Publisher: FCT - UNL
Abstract: Neste trabalho foi estudada a presença e influência dos contraiões em filmes automontados ou camada-sobre-camada (LbL), preparados a partir dos polielectrólitos poli-cloreto de alilamina (PAH), poli-estireno sulfonado (PSS) e poli(ometoxianilina), tendo em conta o parâmetro de adsorção força iónica e as condições de preparação de filmes - solução de lavagem e secagem. A presença dos contraiões nestes filmes, representada pela sua quantidade relativa, foi determinada através de medidas de espectroscopia de foto-electrões de raios X (XPS) que permitiram também a determinação das percentagens atómicas dos diferentes elementos presentes nos filmes. A análise dos filmes LbL de PAH/PSS, preparados a partir de soluções com várias concentrações de NaCl, mostraram que a quantidade relativa de contraiões é uma função da força iónica das soluções de preparação dos filmes e de lavagem, contribuindo também para as diferentes morfologias observadas nestes filmes. Os contraiões presentes nos filmes podem organizar-se sob a forma de nanocristalitos, facto este que permitiu que a presença de contraiões fosse explicada pelo modelo teórico de condensação de Manning. O processo de secagem dos filmes mostrou levar à formação de nanocristais que se dissolvem quando o filme é novamente imerso na solução de polielectrólito de carga oposta. A presença de moléculas de água ligadas foi observada nos filmes,sugerindo que os grupos iónicos próximos dos contraiões estejam imersos numa rede de moléculas de água. O aumento de contraiões mostrou conduzir a uma diminuição no número de grupos ionizados do PAH, como previsto pela teoria de Muthukumar, sobre a condensação de contraiões em polielectrólitos flexíveis. A análise dos filmes de POMA/PSS mostrou um comportamento semelhante aos de PAH/PSS, embora se tenha verificado que na ausência de sal existem já contraiões na amostra. Verificou-se que filmes preparados com KCl , apresentam sódio, o que indica que o contraião do PSS não é completamente substituído. Provou-se ainda ser possível nestes filmes controlar a razão de moléculas de água por grupo iónico. Estudos de espectroscopia de impedância nestas amostras mostraram que a presença de contraiões pode aumentar a energia de activação da relaxação dos grupos iónicos bem como aumentar a dimensão fractal dos filmes.
Description: Dissertação apresentada para obtenção do Grau de Doutor em Engenharia Física, especialidade de Engenharia de Superfícies, pela Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/1906
Appears in Collections:FCT: DF - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Lourenco_2008.pdf2.54 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE