DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Física >
FCT: DF - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/1906

Título: Presença e influência dos contraiões em filmes automontados
Autor: Lourenço, João Manuel Cachado
Orientador: Raposo, Maria de Fátima
Ribeiro, Paulo
Issue Date: 2008
Editora: FCT - UNL
Resumo: Neste trabalho foi estudada a presença e influência dos contraiões em filmes automontados ou camada-sobre-camada (LbL), preparados a partir dos polielectrólitos poli-cloreto de alilamina (PAH), poli-estireno sulfonado (PSS) e poli(ometoxianilina), tendo em conta o parâmetro de adsorção força iónica e as condições de preparação de filmes - solução de lavagem e secagem. A presença dos contraiões nestes filmes, representada pela sua quantidade relativa, foi determinada através de medidas de espectroscopia de foto-electrões de raios X (XPS) que permitiram também a determinação das percentagens atómicas dos diferentes elementos presentes nos filmes. A análise dos filmes LbL de PAH/PSS, preparados a partir de soluções com várias concentrações de NaCl, mostraram que a quantidade relativa de contraiões é uma função da força iónica das soluções de preparação dos filmes e de lavagem, contribuindo também para as diferentes morfologias observadas nestes filmes. Os contraiões presentes nos filmes podem organizar-se sob a forma de nanocristalitos, facto este que permitiu que a presença de contraiões fosse explicada pelo modelo teórico de condensação de Manning. O processo de secagem dos filmes mostrou levar à formação de nanocristais que se dissolvem quando o filme é novamente imerso na solução de polielectrólito de carga oposta. A presença de moléculas de água ligadas foi observada nos filmes,sugerindo que os grupos iónicos próximos dos contraiões estejam imersos numa rede de moléculas de água. O aumento de contraiões mostrou conduzir a uma diminuição no número de grupos ionizados do PAH, como previsto pela teoria de Muthukumar, sobre a condensação de contraiões em polielectrólitos flexíveis. A análise dos filmes de POMA/PSS mostrou um comportamento semelhante aos de PAH/PSS, embora se tenha verificado que na ausência de sal existem já contraiões na amostra. Verificou-se que filmes preparados com KCl , apresentam sódio, o que indica que o contraião do PSS não é completamente substituído. Provou-se ainda ser possível nestes filmes controlar a razão de moléculas de água por grupo iónico. Estudos de espectroscopia de impedância nestas amostras mostraram que a presença de contraiões pode aumentar a energia de activação da relaxação dos grupos iónicos bem como aumentar a dimensão fractal dos filmes.
Descrição: Dissertação apresentada para obtenção do Grau de Doutor em Engenharia Física, especialidade de Engenharia de Superfícies, pela Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/1906
Appears in Collections:FCT: DF - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Lourenco_2008.pdf2,54 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia