DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Tecnologia da Biomassa (ex-GDEH) >
FCT: DCTB - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/1895

Title: Produção de álcool etílico utilizando como matérias primas resíduos florestais e agrícolas
Authors: Diniz, David dos Santos
Advisor: Oliveira, José Filipe
Keywords: Eucalipto
Pinheiro
Composição físico-química
Eficiência
Leveduras
Hidrolise química
Issue Date: 2008
Publisher: FCT - UNL
Abstract: Este trabalho teve como objectivo principal, o estudo dum processo químico para a produção denálcool etílico (bioetanol), a utilizar como aditivo nas gasolinas consumidas em Portugal no sector dos transportes. Como matéria prima foram utilizados resíduos florestais e agricolas. Amostras de madeira de eucalipto, pinheiro e misturas destas, constituiram os resíduos florestais utilizados. Como resíduos agricolas foram utilizadas cascas, polpa de maçâs e peras. A metedologia utilizada foi a seguinte: · Determinação da composição físico-química dos resíduos florestais; · Pré-hidrolise e hidrólise química dos residuos florestais e agricolas; · Fermentação em descontinuo dos substratos e misturas; · Avaliação do rendimento em etanol nos ensaios de fermentação; · Avaliação do rendimento em etanol numa unidade industrial; · Estudo da aplicação do etanol como aditivo de gasolinas consumidas em Portugal; · Avaliação dos custos de produção do etanol a partir de resíduos lenhocelulósicos; A composição química dos resíduos florestais variou ente os valores máximos e mínimos seguintes: Eucalipto: cinzas 0,2-0,4%, extractivos totais 3,0-9,3%, lenhina 19,8-26,5%, hemiceluloses 18,8- 19,0%, celulose 34,0%-40,6%. Pinheiro: cinzas 0,2-0,3%, extractivos totais 6,5-8,7%, lenhina 27,5-28,2%, hemiceluloses 9.8-19,1%, celulose 38,8-42,4% Amostras compósitas de eucalipto e pinheiro: cinzas 0,2-0,5%, extractivos totais 4,6-9,3%, lenhina 23,3-26,1%, hemicelulose 14,3-17,0%, celulose 38,0-41,0%. As pré-hidrolises e hidrolises dos materiais celulósicos foram efectuadas com ácido sulfurico a 30%(p/v) e 72% (p/v) respectivamente. A eficiência dos ensaios realizados variou entre 63% e 77%. A fermentação dos substratos foi efectuada em descontínuo e como agentes de fermentação foram utilizadas leveduras de padeiro (Saccharomyces cerevisiae). A eficiência dos ensaios realizados variou entre 60,1% e 72,5%, e os rendimentos obtidos foram respectivamente de 9,2, 7,6, 8,2, 6,2, e 3,6 ( kg de etanol/100kg) de matéria seca. A disponibilidade dos resíduos utilizados é uma realidade em Portugal. O seu aproveitamento de um modo sustentável, para o fim descrito, pode contribuir para a redução da nossa dependência energética e consequentemente para a redução das emissões de gases com efeito de estufa.
Description: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Bioenergia
URI: http://hdl.handle.net/10362/1895
Appears in Collections:FCT: DCTB - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Diniz_2008.pdf3.01 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE